DIAS, S. M. V. Crônicas e cartas como laboratório multidisciplinar: a infância como tópos e o esboço de um éthos da província no Modernismo brasileiro. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, [S. l.], n. 67, p. 204-220, 2017. DOI: 10.11606/issn.2316-901X.v0i67p204-220. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rieb/article/view/137570. Acesso em: 6 dez. 2021.