DIEGO, M. “Essa dona tão perversa”. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, n. 72, p. 125-143, 17 abr. 2019.