[1]
L. Brito, “Michel Foucault, o paradigma da formação e junho de 201”3, Rev. Inst. Estud. Bras., nº 72, p. 212-219, abr. 2019.