[1]
M. Ellis, “Comerciantes e contratadores do passado colonial: uma hipótese de trabalho”, Rev. Inst. Estud. Bras., nº 24, p. 97-122, dez. 1982.