Avaliação da segurança viária pela percepção do cidadão francano: estudo de caso das principais avenidas, localizadas na cidade de Franca / SP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/1984-4506.risco.2021.168695

Palavras-chave:

Acidentes, Segurança, Trânsito

Resumo

A cidade escolhida para o estudo foi a cidade de Franca/SP, a qual chamou a atenção pelo elevado número de acidentes com vítimas fatais ocorridos no ano de 2018: cerca de 39 mortes registradas. Um dos principais fatores, tomado como determinante para esse estudo foi o excesso de velocidade nas vias. Diante disso, o estudo tem como objetivo avaliar 7 das 28 avenidas principais da cidade, sendo elas: Av. Brasil, Av. Chico Júlio, Av. Dr. Alonso y Alonso, Av. Dr. Hélio Palermo, Av. Major Nicácio, Av. Orlando Dompieri e Av. Presidente Getúlio Vargas. Assim, as avaliações dessas vias tiveram como base a relação junto à segurança viária por meio da percepção do cidadão francano, com o intuito de proporcionar possíveis soluções mitigadoras, para o desenvolvimento de trânsito mais otimizado, seguro e democrático. A metodologia foi baseada na avaliação da percepção dos usuários das avenidas citadas, em relação a segurança do trânsito proporcionada aos pedestres, motociclistas e motoristas, por meio de entrevistas, cuja abordagem foi de cunho pessoal e online. Os resultados obtidos informaram que 37% dos entrevistados sofreram um ou mais de um tipo de acidente. De acordo com a literatura são apontados 6 tipos de acidentes, que no geral se totalizaram em 106 ocorrências. As avenidas Alonso Y Alonso e Brasil foram as que apresentaram maior percentual e quantidade de acidentes, tanto para motoristas/motociclistas, quanto para pedestres. De forma geral, a pesquisa resultou que cerca de 52% dos entrevistados sugeriram melhorias em sinalização. Ao passo que cerca de 82% dos mesmos apontaram necessidades no aumento de conscientização do trânsito, ressaltando que nessa pesquisa os entrevistados poderiam optar por mais de uma melhoria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARANTES. E. Polícia Militar desmente indústria da multa de trânsito em Franca. 2013. Disponível em: < http://gcn.net.br >. Acesso em: 30 set. 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10697: Pesquisa de acidentes de trânsito: Rio de Janeiro, 1989.

BRASIL. Decreto Lei Complementar nº 57, de 18 de agosto de 2003. Altera dispositivos da Lei Complementar nº 48, de 10 de dezembro de 1984. Congresso Nacional. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/>. Acesso em: 30 set. 2018.

Datasus – Ministério da Saúde. Estatísticas vitais. 2014. Disponível em: <https://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php >. Acesso em: 10 jun. 2018.

Departamento de Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2018. Disponível em: < http://www.policiamilitar.sp.gov.br/>. Acesso em: 10 jun. 2018.

DETRAN – Departamento de Estadual de Trânsito. Detran/SP promove ações educativas na semana nacional de trânsito em Franca/SP. 2015. Disponível em:<https://www.detran.sp.gov.br>. Acesso em: 10 jun. 2018.

DIÓGENES, M. C.; NODARI, C. T.; LINDAU, L. A. Priorização de ações de segurança viária na perspectiva dos motoristas. In: CONGRESSO DE PESQUISA E ENSINO EM TRANSPORTES, 2005, Recife. Anais ANPET XIX. Recife: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005. p. 969-979.

FERRAZ, A. C. P. et al. Segurança viária. 1. ed. São Carlos: Suprema Gráfica e Editora Ltda, 2012.

Google Earth. Acesso em: 13 out. 2018.

Google Maps. Trecho da Avenida Rio Branco, estação. 2017. Disponível em: < https://www.google.com.br/maps>. Acesso em: 30 set. 2018.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo populacional. 2016. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/franca/panorama>. Acesso em: 30 set. 2018.

Jornal da Franca. Frota de Franca já passa de 239 mil e cidade ganha 6 mil veículos novos por ano. 2016. Disponível em: <http://jornaldafranca.com.br>. Acesso em: 30 set. 2018.

MARTINS. C. B. G.; JORGE. M. H. P. M. A criança, o adolescente e o trânsito: algumas reflexões importantes. Revista da Associação Médica Brasileira, Elsevier Editora Ltda, v.59, n.3, p. 199-208, mai. - jun. 2013.

MENDES. R. A. Conscientização no trânsito. Franca, 2018. Conferência realizada no Teatro do Júri - Universidade de Franca, em 16 ago. 2018.

Ministério das Cidades - Departamento SeMob – Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. PlanMob: caderno de referência para elaboração de plano de mobilidade urbana. Brasil, 2015. Cap.4, p 70.

Ministério da Saúde. Projeto vida no trânsito. 2018. Disponível em: <http://portalms.saude.gov.br/>. Acesso em: 10 jun. 2017.

MURARI. M. Noite concentra maior número de mortes no trânsito de Franca. 2018. Disponível em: <https://www.gcn.net.br/ >. Acesso em: 17 jun. 2018.

MURARI. M. Trânsito de Franca mata mais que o de São Paulo. 2017. Disponível em: < https://www.gcn.net.br/ >. Acesso em: 17 jun. 2018.

Prefeitura Municipal de Franca. Prefeitura amplia instalações de lombofaixas. 2017. Disponível em: <https://www.franca.sp.gov.br/>. Acesso em: 17 jun. 2018.

RIBEIRO. C. Frota cresce 75% em 10 anos e complica trânsito de Franca. 2017. Disponível em: <http://gcn.net.br>. Acesso em: 30 set. 2018.

RODRIGUES. D. Polícia volta a fiscalizar infrações em ruas e avenidas de Franca. 2011. Disponível em: < http://gcn.net.br >. Acesso em: 30 set. 2018.

Sales. P. Franca reduz acidentes com lombadas. 2017. Disponível em: < http://novacidade.com>. Acesso em: 17 jun. 2018.

Secretaria de Segurança e Cidadania de Franca. Novo semáforo para rua da Cidade Nova. 2017. Disponível em: < https://www.franca.sp.gov.br/noticias/seguranca-e-cidadania/novo-semaforo-para-para-rua-da-cidade-nova >. Acesso em: 30 set. 2018.

World Health Organization. Global status report on road safety: time for action. 2009.

Downloads

Publicado

2021-06-22

Como Citar

Velazquez, F. L., Suave, L., Simari, T. B., & Coelho, T. de P. P. (2021). Avaliação da segurança viária pela percepção do cidadão francano: estudo de caso das principais avenidas, localizadas na cidade de Franca / SP. Risco Revista De Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo (Online), 19, 1-18. https://doi.org/10.11606/1984-4506.risco.2021.168695

Edição

Seção

Artigos e Ensaios