[1]
V. R. Machado, “Arte e espaço público nos filmes de Lygia Pape”, Risco, Rev. Pesqui. Arquit. Urban., nº 7, p. 93-106, jan. 2008.