Fatores associados ao conhecimento da equipe de enfermagem de um hospital de ensino sobre hemotransfusão

Autores

  • Jordânia Lumênia Tavares
  • Elizabeth Barichello Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Ana Lúcia De Mattia Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Helena Barbosa Universidade Federal do Triângulo Mineiro

DOI:

https://doi.org/10.1590/0104-1169.0024.2593

Resumo

Objetivo:verificar se há associação entre o conhecimento dos profissionais da equipe de enfermagem sobre hemotransfusão e as variáveis relacionadas aos aspectos profissionais.Método:trata-se de um estudo observacional, transversal, quantitativo, realizado em um hospital geral, de ensino e de grande porte. A amostra foi constituída por 209 profissionais da equipe de enfermagem, obtida por sorteio aleatório simples. A coleta de dados utilizou um instrumento do tipo checklist. Na análise univariada, utilizaram-se estatística descritiva e medidas de centralidade e de dispersão. Na análise bivariada, utilizaram-se o Teste t de Student, a análise de variância e a correlação de Pearson. Para determinar os preditores, utilizou-se a regressão linear múltipla. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (Parecer n° 2434).Resultados:a média de escore geral de conhecimento foi de 52,66%, na Etapa Pré-transfusional foi de 53,38%; na Etapa Transfusional, 51,25%; e na Etapa Pós-transfusional, 62,68%. Os fatores relacionados ao conhecimento foram categoria profissional e receber treinamento e/ou orientação para a realização do processo transfusional (p<0,01).Conclusão:este estudo evidenciou a influência do treinamento e orientação sobre o conhecimento e forneceu um diagnóstico para a identificação das dificuldades dos profissionais relacionadas ao processo transfusional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-08-01

Como Citar

Tavares, J. L., Barichello, E., Mattia, A. L. D., & Barbosa, M. H. (2015). Fatores associados ao conhecimento da equipe de enfermagem de um hospital de ensino sobre hemotransfusão . Revista Latino-Americana De Enfermagem, 23(4), 595-602. https://doi.org/10.1590/0104-1169.0024.2593

Edição

Seção

Artigos Originais