Cuidados realizados pelo familiar cuidador da criança em pós-transplante de células-tronco hematopoiéticas

Palavras-chave: Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas, Cuidadores, Família, Cuidado da Criança, Transplante de Medula Óssea, Habitação

Resumo

Objetivo: conhecer os cuidados realizados pelo cuidador familiar da criança em pós-transplante de células-tronco hematopoiéticas. Método: utilizou-se a Grounded Theory como metodologia; compreendendo quatro grupos amostrais, perfazendo 36 cuidadores; com dados coletados por entrevistas semiestruturadas. Os dados foram analisados segundo a codificação proposta por Strauss e Corbin, em três fases: aberta, axial e seletiva. Resultados: foram identificadas oito proposições para os cuidados realizados com criança no contexto pesquisado: administrar medicações; atentar às questões de limpeza; cuidados com ingesta hídrica e alimentar; cuidados com o corpo; experienciar o isolamento protetor; trabalhar a necessidade de apoio emocional da criança; abordar o autocuidado da criança; e encarar complicações. Conclusão: compreenderamse as diferentes vertentes em que o cuidador atua no cuidado com a criança. Esses cuidados instrumentalizam a equipe de saúde ao nortear a elaboração de medidas de orientação e preparo para o cuidado domiciliar que sejam efetivas e direcionadas às necessidades do paciente e da família. A compreensão dos cuidados que realiza viabiliza ao cuidador maior entendimento do seu papel, bem como das decisões que tomará pelo seu ente em tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-15
Como Citar
Gomes, I., Lacerda, M. R., Hermann, A. P., Rodrigues, J., Zatoni, D., & Tonin, L. (2019). Cuidados realizados pelo familiar cuidador da criança em pós-transplante de células-tronco hematopoiéticas. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 27, e3120. https://doi.org/10.1590/1518-8345.2298-3120
Seção
Artigos Originais