Fatores clínicos e cirúrgicos e as complicações intraoperatórias em pacientes que realizaram ceratoplastias penetrantes

Palavras-chave: Olho, Córnea, Ceratoplastia Penetrante, Complicações Intraoperatórias, Transplante de Córnea, Extração de Catarata

Resumo

Objetivo: identificar as principais complicações intraoperatórias dos pacientes que realizaram ceratoplastias e sua relação com fatores clínicos e cirúrgicos. Método: estudo transversal, observacional. Realizou-se um censo dos pacientes submetidos a ceratoplastias que totalizou 258 procedimentos. Resultados: foram registradas 22 complicações intraoperatórias, todas em ceratoplastias penetrantes. Do total, 59,09% foram realizadas em pacientes do sexo masculino com idade média de 58,5 anos. A principal complicação intraoperatória notificada foi a perda vítrea (36,36%). Encontrou-se relação estatisticamente significativa entre a variável “complicação intraoperatória” e as variáveis “cirurgia prévia”, “ceratoplastia combinada com extração de catarata” e “botão corneano do receptor maior que 8,0 mm”. Conclusão: identificar as principais complicações intraoperatórias da ceratoplastia possibilita à enfermagem compreender quais fatores podem interferir nesses procedimentos, apontar possíveis fatores preditores das complicações e buscar medidas de controles para que tais complicações não ocorram.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-19
Como Citar
Cruz, G., Ferreira-Júnior, M. A., Azevedo, I., Santos, V., Flores, V., & Gonçalves, E. (2019). Fatores clínicos e cirúrgicos e as complicações intraoperatórias em pacientes que realizaram ceratoplastias penetrantes. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 27, e3141. https://doi.org/10.1590/1518-8345.2733-3141
Seção
Artigos Originais