Adaptação cultural da Glamorgan Scale para o português do Brasil: lesão por pressão em pediatria

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1518-8345.4083.3424

Palavras-chave:

Processo de Tradução, Estudos Transculturais, Pesquisa Metodológica em Enfermagem, Lesão por Pressão, Qualidade da Assistência à Saúde, Enfermagem Pediátrica

Resumo

Objetivo: descrever o processo metodológico de adaptação cultural da Glamorgan Scale para o português do Brasil. Método: estudo metodológico de tradução e adaptação cultural da Glamorgan Scale, seguindo as seis etapas: tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução, comitê de especialistas, pré-teste e envio da versão adaptada para aprovação ao autor do instrumento original. O comitê de especialistas foi composto por cinco doutores e, durante sua avaliação, foi realizada análise semântica, idiomática, cultural e conceitual. A concordância e a representatividade dos itens foram avaliadas por meio do Índice de Validade de Conteúdo. Considerou-se o valor mínimo de 80% de concordância. Resultados: todas as etapas do processo de tradução e adaptação transcultural foram satisfatórias. Na avaliação realizada pelo comitê de especialistas, todos os itens obtiveram concordância superior a 80% na primeira rodada de avaliação. A etapa do pré-teste permitiu uma visão crítica geral do instrumento, onde foram sugeridas pequenas modificações pelos participantes. Conclusão: a Escala de Glamorgan foi traduzida e adaptada culturalmente para o português do Brasil. Estudos psicométricos futuros são necessários para validação da escala.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-04-29

Como Citar

Vocci, M. C., Fontes, C. M. B., & Abbade, L. P. F. (2021). Adaptação cultural da Glamorgan Scale para o português do Brasil: lesão por pressão em pediatria. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 29, e3424. https://doi.org/10.1590/1518-8345.4083.3424

Edição

Seção

Artigos Originais