Buscando incansavelmente por melhores condições de saúde e vida para o filho com mielomeningocele

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1518-8345.3957.3428

Palavras-chave:

Mielomeningocele, Doença crônica, Família, Enfermagem, Teoria Fundamentada, Cuidado da Criança

Resumo

Objetivo: compreender a experiência de famílias no cuidado de crianças com mielomeningocele. Método: pesquisa qualitativa, que adotou como referencial teórico e metodológico o Interacionismo Simbólico e a Teoria Fundamentada nos Dados, e a entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados. Vinte e oito participantes de treze famílias residentes em um município do interior paulista integraram o estudo. Resultados: a família busca incansavelmente por melhores condições de saúde e vida para o filho com mielomeningocele; objetivando a autonomia da criança, se mobiliza aos tratamentos necessários, a aprender os cuidados, a adaptar a rotina, assim como suprir por todas as necessidades da criança a fim de que esta alcance desenvolvimento potencial, prospectando um futuro menos dependente com inclusão e ascensão social. Conclusão: a enfermagem familiar mostra-se apoio potencial frente à condição da mielomeningocele, devido à sua capacidade de apreender o sistema familiar, avaliá-lo e possibilitar proposições de intervenção no processo de cuidado. Neste estudo enfatizou-se também a enfermagem de reabilitação, uma vez que esta caminha conjuntamente à criança e à família que experienciam a mielomeningocele.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-05-21

Como Citar

Bonelli, M. A., Borges, A. A., Souza, R. O. D. de ., Castro, G. V. D. Z. B. ., Oliveira, G. B. S. de ., & Dupas, G. (2021). Buscando incansavelmente por melhores condições de saúde e vida para o filho com mielomeningocele. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 29, e3428. https://doi.org/10.1590/1518-8345.3957.3428

Edição

Seção

Artigos Originais