Representações sociais sobre aids de pessoas acima de 50 anos de idade, infectadas pelo HIV

  • Marislei Brasileiro
  • Maria Imaculada de Fátima Freitas Federal University School of Nursing
Palavras-chave: saúde do adulto, enfermagem, síndrome de imunodeficiência adquirida

Resumo

Neste trabalho, analisa-se as representações sobre AIDSde 9 pessoas acima de 50 anos, infectadas pelo HIV. Da análise, surgiram representações: ‘AIDSé uma ameaça constante de morte’. Essas foram categorizadas e nomeadas pelas falas dos entrevistados: ‘médico nenhum pensa, primeiro, que a gente pode ter AIDS’; ‘AIDS não é câncer’; ‘ser velho e estar com AIDS é ser duplamente discriminado’. Os resultados mostram a importância da integralidade dos cuidados pelos serviços de saúde para diminuir o sofrimento psicossocial dessas pessoas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-10-01
Como Citar
Brasileiro, M., & Freitas, M. (2006). Representações sociais sobre aids de pessoas acima de 50 anos de idade, infectadas pelo HIV. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 14(5), 789-795. https://doi.org/10.1590/S0104-11692006000500022
Seção
Artigos Originais