Análise de fatores de risco para hipertensão arterial em adolescentes escolares

  • Jonathan Veloso Costa Universidade Federal do Piauí
  • Ana Roberta Vilarouca da Silva Universidade Federal do Piauí
  • Ionara Holanda de Moura Universidade Federal do Piauí
  • Rumão Batista Nunes de Carvalho Universidade Federal do Piauí
  • Lais Evêncio Bernardes Universidade Federal do Piauí
  • Paulo César de Almeida Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: Hipertensão, Adolescentes, Fatores de Risco

Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar alguns fatores de risco para aumento dos níveis de pressão arterial sistêmica. Trata-se de estudo transversal, desenvolvido com 145 indivíduos de 12 a 18 anos, de duas escolas públicas da cidade de Picos, PI. A maioria era composta por mulheres (62,8%). A média de idade foi de 14,8 anos (±3,19). Verificou-se que 13 (9,0%) apresentavam excesso de peso [IC% 73,0-86,0]. Elevações da circunferência abdominal foram encontradas em 31 (21,4%), e 76 (52,4%) tinham elevação nos níveis de pressão arterial. Não houve associação estatisticamente significante dos fatores de risco investigados citados anteriormente com o sexo (p=0,088; 0,999; 0,204, respectivamente). No entanto, 44,8% dos adolescentes tinham pelo menos um fator, 15,9% dois e 2,1%, três fatores associados indicativos de hipertensão arterial. Confirma-se a influência de fatores de risco sobre os valores da pressão arterial em adolescentes. Diante do conhecimento desses fatores, a enfermagem poderá intervir com medidas de educação em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-04-01
Como Citar
Costa, J., Silva, A., Moura, I., Carvalho, R., Bernardes, L., & Almeida, P. (2012). Análise de fatores de risco para hipertensão arterial em adolescentes escolares. Revista Latino-Americana De Enfermagem, 20(2), 289-295. https://doi.org/10.1590/S0104-11692012000200011
Seção
Artigos Originais