Sangria terapêutica

Autores

  • Ivan L. Angulo
  • Fábio V. Papa Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo(FMRP/USP).
  • Fernanda G. Cardoso Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP/USP).

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v32i3p290-293

Palavras-chave:

Flebotomia. Policitemia. Hemocromatose. Terapêutica. Sangria.

Resumo

A sangria terapêutica é método paliativo de controle de sintomas, simples e antigo, que se mostra eficaz também a longo prazo, melhorando a expectativa e a qualidade de vida. Suas indicações ampliaram-se atualmente e pode ser combinada com outras modalidades terapêuticas. Pode ser utilizada no controle da hiperviscosidade sangüínea nas eritrocitoses, e para a remoção de produto metabólico ou de depósito, tóxicos ao organismo. No Hemocentro, em Ribeirão Preto, as retiradas por eritrocitose representam a grande maioria, sendo 42% póstransplante renal, 30% por doenças cardíacas e pulmonares e 15% por Policitemia Vera. As retiradas por produtos metabólicos e/ou tóxicos acumulados foram 9% na hemocromatose e 4% nas porfirias. Não foram notados efeitos colaterais e os valores alvo do hematócrito foram considerados adequados nas eritrocitoses. As retiradas periódicas levaram a bom controle sintomático dos pacientes. São feitas sugestões de estratégias de condutas, consideradas adequadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan L. Angulo

 

Diretor médico da Fundação Hemocentro 

 

Fábio V. Papa, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo(FMRP/USP).

Aluno de graduação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP/USP).

Fernanda G. Cardoso, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP/USP).

Aluno de graduação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP/USP).

Downloads

Publicado

1999-09-30

Como Citar

1.
Angulo IL, Papa FV, Cardoso FG. Sangria terapêutica. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de setembro de 1999 [citado 28 de fevereiro de 2024];32(3):290-3. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/12703

Edição

Seção

Artigo de Revisão
Bookmark and Share