Perfil clínico-epidemiológico dos pacientes acometidos por abdome agudo em um hospital de referência em Salvador

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v52i3p193-200

Palavras-chave:

Abdome agudo, Dor abdominal, Emergências

Resumo

Modelo do estudo: Corte transversal. Objetivo: O presente estudo possui o objetivo de descrever o perfil clínico-epidemiológico dos pacientes acometidos por abdome agudo em um hospital de referência em Salvador, gerando um maior conhecimento quanto à epidemiologia do abdome agudo, e dessa forma, auxiliando a prática clínica dos profissionais de saúde da região. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, com a amostra composta por pacientes admitidos no Hospital do Subúrbio, no ano de 2016, vítimas de abdome agudo. Resultados: Dentre os tipos de abdome agudo, o inflamatório mostrou-se o mais prevalente. As etiologias mais comuns neste estudo foram apendicite aguda e neoplasia do trato gastrointestinal. Quase a totalidade dos pacientes foram abordados cirurgicamente (95,1%). O tempo médio de internamento foi de 192 horas. Vinte e dois por cento dos pacientes necessitaram de cuidados em terapia intensiva. A letalidade dos pacientes foi calculada em 17,1%. Vinte e nove pacientes apresentaram complicações que não o óbito. O tipo de abdome agudo cujos pacientes necessitaram mais de cuidados intensivos foi o vascular. O tipo de abdome agudo de maior letalidade neste estudo foi o abdome agudo obstrutivo. Conclusões: O abdome agudo é uma patologia de alta letalidade, sendo importante seu diagnóstico e manejo precoce. O perfil mais encontrado neste estudo foi paciente acometido por abdome agudo inflamatório, de etiologia mais provável a apendicite aguda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Souza Magalhães, Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Salvador (BA), Brasil

Discente do curso de Medicina.

Alan Rodrigues Azevedo, Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Salvador (BA), Brasil

Docente do curso de Medicina.

André Gusmão Cunha, Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Salvador (BA), Brasil

Docente do curso de Medicina.

Downloads

Publicado

2019-11-07

Como Citar

1.
Magalhães BS, Azevedo AR, Cunha AG. Perfil clínico-epidemiológico dos pacientes acometidos por abdome agudo em um hospital de referência em Salvador. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 7 de novembro de 2019 [citado 13 de agosto de 2022];52(3):193-200. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/153698

Edição

Seção

Artigo Original
Bookmark and Share