Devo jogar o meu desfibrilador monofásico fora? – Um exercício de Medicina Baseada em Evidência

Autores

  • Antonio Pazin-Filho Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v43i1p29-34

Palavras-chave:

Medicina Baseada em Evidências. Desfibriladores. Desfibrilação Monofásica. Desfibrilação Bifásica. Parada Cardíaca.

Resumo

A correta interpretação da literatura é uma habilidade que todos os médicos devem estar aptos a realizar para o exercício da profissão. Este artigo tem por finalidade fornecer diretrizes práticas para esta interpretação, buscando fornecer os conceitos fundamentais para este tipo de análise através de um exemplo concreto .

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Pazin-Filho, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Docente da Divisão de Emergências Clínicas do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo e Coordenador das Atividades Administrativas da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2010-03-30

Como Citar

1.
Pazin-Filho A. Devo jogar o meu desfibrilador monofásico fora? – Um exercício de Medicina Baseada em Evidência. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de março de 2010 [citado 28 de janeiro de 2023];43(1):29-34. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/162

Edição

Seção

Temas de Ensino em Saúde
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>