Ensino Remoto em tempos de pandemia: a experiência da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.rmrp.2021.184799

Palavras-chave:

Educação a distância, Capacitação de professores, Estudantes de medicina, Aprendizagem baseada em problemas, Covid-19

Resumo

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo é uma universidade comunitária. Em março de 2020, o distanciamento/isolamento social ocasionado pela pandemia da SARS-CoV-2 impôs diversos desafios a serem enfrentados, relacionados à migração do ensino presencial para o ensino remoto/ capacitação tecnológica (e pedagógica) do corpo docente, suporte aos estudantes, capacitação tecnológica do corpo funcional e adequação da infraestrutura de tecnologia da informação. Neste trabalho trataremos da capacitação docente. Embora não existisse uma estrutura de desenvolvimento docente institucionalizada, um grupo de docentes envolvidos nas diversas capacitações que vinham sendo promovidas desde 2017 pela instituição, por iniciativa da Pró-Reitoria de Graduação, foi responsável pela capacitação do conjunto de docentes da Universidade para uso das plataformas institucionais. Também foram criados treinamentos individuais para atender às necessidades dos docentes. Superada a primeira fase de familiarização com as plataformas, a etapa seguinte foi suscitar, no corpo docente, a necessidade de qualificação das atividades remotas, por meio do uso de metodologias inovadoras de ensino. A necessidade de manutenção do ensino remoto levou à ampliação do grupo de docentes responsáveis pelo apoio às atividades remotas. Mais ainda, monitores pós-graduandos (mestrandos e doutorandos) dos diferentes cursos da universidade foram selecionados para auxiliar os docentes, de forma individualizada, para que fizessem o uso apropriado de estratégias de ensino e as plataformas tecnológicas. No curso de Medicina da PUC-SP, que tem em seu cerne o uso de estratégias ativas de ensino e aprendizagem, com exceção de parte das atividades práticas, todas foram realizadas remotamente. A adaptação das tutorias da aprendizagem baseada em problemas foi satisfatória. Um dos aprendizados mais significativos foi o trabalho colaborativo docente para a realização de avaliações somativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julia Brum de Mello, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde

Médica, Mestranda do Programa de Educação para as Profissões da Saúde da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Luiz Ferraz Sampaio Neto, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde

Médico, Professor titular de Ginecologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Diretor da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Alexandra Fogli Serpa Geraldini, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutora, Pró-reitora de Graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Mário Luís Ribeiro Cesaretti, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde. Departamento de Clínica. Núcleo Assessor de Tecnologias Educacionais

Doutor, Assessor no Núcleo Assessor de Tecnologias Educacionais e Docente do Departamento de Clínica da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

 

Referências

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. COVID-19: Comunicado da PUC-SP 16/03/2020 – 17h [Internet]. Jornal PUC-SP. [citado 9 de março de 2021]. Disponível em: https://j.pucsp.br/noticia/covid-19-comunicado-da-puc-sp-16032020-17h

BRASIL. PORTARIA N o 343, DE 17 DE MARÇO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional [Internet]. [citado 11 de março de 2021]. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou

BRASIL. PORTARIA N o 544, DE 16 DE JUNHO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional [Internet]. [citado 11 de março de 2021]. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou

BRASIL. MEDIDA PROVISÓRIA N o 934, DE 1 o DE ABRIL DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional [Internet]. [citado 11 de março de 2021]. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Superior 2018 [Internet]. 2019. Disponível em: https://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2019/censo_da_educacao_superior_2018-notas_estatisticas.pdf

Moreira JAM, Henriques S, Barros D. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia. 3 de junho de 2020;0(34):351–64.

Smith E, Boscak A. A virtual emergency: learning lessons from remote medical student education during the COVID-19 pandemic. Emerg Radiol [Internet]. 8 de janeiro de 2021 [citado 11 de março de 2021]; Disponível em: https://doi.org/10.1007/s10140-020-01874-2

MOSELEY SF. Everett Rogers’ Diffusion of Innovations Theory: Its Utility and Value in Public Health. J Health Commun. 1 o de janeiro de 2004;9(sup1):149–51.

Oliveira RM de, Corrêa Y, Morés A. Ensino remoto emergencial em tempos de covid-19: formação docente e tecnologias digitais. Rev Int Form Profr. 14 de setembro de 2020;5:e020028–e020028.

Goodman BE, Barker MK, Cooke JE. Best practices in active and student-centered learning in physiology classes. Adv Physiol Educ. 1 o de setembro de 2018;42(3):417–23.

Steinert Y, Mann K, Anderson B, Barnett BM, Centeno A, Naismith L, et al. A systematic review of faculty development initiatives designed to enhance teaching effectiveness: A 10-year update: BEME Guide No. 40. Med Teach. 2 de agosto de 2016;38(8):769–86.

Manen M van. On the Epistemology of Reflective Practice. Teach Teach. 1 o de março de 1995;1(1):33–50.

Valente J. Formação de profissionais na área de informática em educação. Computadores e Conhecimento: Repensando a Educação. 1 o ed 1993;114–34.

Geraldini A. Docência no ambiente digital: ações e reflexão [Doutorado]. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; 2003.

Prado MEBB. Educação a distância na e para a formação reflexiva do professor. ETD - Educ Temática Digit. 7 de outubro de 2009;10(2):203–22.

Natário EG, Santos AAA dos. Programa de monitores para o ensino superior. Estud Psicol Camp. setembro de 2010;27(3):355–64.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Medicina. 2014; Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&a-lias=15874-rces003-14&category_slug=junho-2014-p-df&Itemid=30192

BRASIL. PORTARIA N o 492, DE 23 DE MARÇO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional [Internet]. [citado 11 de março de 2021]. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou

BRASIL. PORTARIA N o 580, DE 27 DE MARÇO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional [Internet]. [citado 11 de março de 2021]. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou

Downloads

Publicado

2021-08-20

Como Citar

1.
Mello JB de, Sampaio Neto LF, Geraldini AFS, Cesaretti MLR. Ensino Remoto em tempos de pandemia: a experiência da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 20 de agosto de 2021 [citado 27 de outubro de 2021];54(Supl 1):e-184799. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/184799
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)