TRANSPORTE INTRA-HOSPITALAR DO PACIENTE CRÍTICO

Autores

  • Gerson A. Pereira Júnior Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo,FMRP/USP
  • Júlia Batista Carvalho Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP
  • Arnóbio D. Ponte Filho Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo.
  • Daniela A. Malzone Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP
  • César E. Pedersoli Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – FMRP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v40i4p500-508

Palavras-chave:

Transportation of Patient. Transporte de Pacientes. Cuidados Intensivos. Monitoramento. Transferência de Pacientes.

Resumo

O avanço do conhecimento médico e o desenvolvimento da tecnologia para diagnóstico e tratamento das doenças que afligem os seres humanos têm permitido um aumento da longevidade das pessoas hígidas e daquelas que possuem agravos agudos ou crônicos. Embora estes avanços estejam heterogeneamente distribuídos, há uma nítida melhora das condições de atendimento médico em nosso meio e isto tem feito com que pacientes que anteriormente evoluíssem para o óbito, tenham condições de se manterem vivos em diferentes condições de qualidade de vida. Isto tem feito com que os hospitais tenham que aumentar as áreas de atendimento e cuidados de pacientes críticos. Estes pacientes têm sido beneficiados pela tecnologia de diagnóstico, principalmente, de imagem existente e, quase sempre, para ter acesso a estes benefícios, estes pacientes precisam ser transportados para fora da área de cuidados intensivos e manter o mesmo nível de monitorização para que não haja problemas. É aí que está a grande importância do transporte do paciente crítico que, no geral, vem sendo muito negligenciada pelos profissionais de saúde. O objetivo deste artigo é fazer uma reflexão dos vários momentos, fases e cuidados envolvidos no transporte intra-hospitalar, discutindo as suas diversas modalidades.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Gerson A. Pereira Júnior, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo,FMRP/USP

     

    Médico Assistente, Unidade de Emergência, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo,FMRP/USP. Docente, Emergências Médicas e Habilidades Cirúrgicas, Curso de Medicina da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP)

     

  • Júlia Batista Carvalho, Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP

     

    Médica, Residente de Medicina Intensiva, Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP

     

  • Arnóbio D. Ponte Filho, Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo.

     

    Médico, Residente de Clínica Médica, Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo.

  • Daniela A. Malzone, Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP

     

    Docente, Ginecologia, Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP 

     

     

  • César E. Pedersoli, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – FMRP/USP

     

    Enfermeiro, Unidade de Emergência, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – FMRP/USP. Docente, Emergências Médicas e Atendimento Pré-hospitalar, Curso de Medicina, Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP.

     

Downloads

Publicado

2007-12-30

Edição

Seção

Capítulos

Como Citar

1.
Pereira Júnior GA, Carvalho JB, Ponte Filho AD, Malzone DA, Pedersoli CE. TRANSPORTE INTRA-HOSPITALAR DO PACIENTE CRÍTICO. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de dezembro de 2007 [citado 23º de julho de 2024];40(4):500-8. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/346