Luxação congênita do quadril

uma abordagem inicial

Autores

  • Kelly A. Pires
  • Marcia Regina A.C. Melo Departamento de Enfermagem Geral e Especializada. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - EERP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v38i2p143-149

Palavras-chave:

Enfermagem Ortopédica. Luxação do Quadril. Ortopedia. Administração. Assistência.

Resumo

O objetivo do presente estudo foi identificar e analisar as publicações científicas acerca da Luxação Congênita do Quadril (LCQ) através de uma pesquisa bibliográfica. Foram encontrados 41 artigos e constatou-se pela análise que apesar da diversidade e dos distintos parâmetros utilizados pelos autores, as complicações da patologia resultam da deficiência da detecção e do diagnóstico tardio. Considera-se que o conhecimento dessa patogenia pela enfermeira possa contribuir com os cuidados e acompanhamento aos portadores, além do treinamento de seus familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kelly A. Pires

 

Aluna da Graduação.

Marcia Regina A.C. Melo, Departamento de Enfermagem Geral e Especializada. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - EERP/USP

Docente Departamento de Enfermagem Geral e Especializada. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - EERP/USP

Downloads

Publicado

2005-06-30

Como Citar

1.
Pires KA, Melo MRA. Luxação congênita do quadril: uma abordagem inicial. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de junho de 2005 [citado 28 de janeiro de 2023];38(2):143-9. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/432

Edição

Seção

Artigo de Revisão
Bookmark and Share