Tabagismo, alcoolismo em pacientes que frequentam um serviço de fisioterapia do Sistema Único de Saúde

Autores

  • Dalila Bertanha Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
  • Antonio Ruffino Netto Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v45i1p87-95

Palavras-chave:

Tabagismo. Alcoolismo. Drogas. Abuso de Substâncias Psicoativas. Fisioterapia.

Resumo

Modelo do estudo: Trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo, modelo inquérito, com uma abordagem metodológica quantitativa.Objetivo: O objetivo desta pesquisa é analisar o perfil epidemiológico, dos pacientes que frequentam oCentro de Fisioterapia Oscar Pires de Andrade, que se encontra na cidade de Itapira SP e estimar aporcetagem do uso do tabaco, álcool e outras drogas, na pupolação estudada.Métodos: Por meio de entrevistas foram aplicados os instrumentos: Questionário Sócio - Demográficoe sobre a Porcentagem de Tabagistas no Centro de Fisioterapia de Itapira-SP; Teste de Fagerströmpara a Dependência à Nicotina (FTND); e o Questionário Alcohol, Smoking and Substance InvolvementScreening Test (ASSIST) V.3.0. As entrevistas forma feitas com os pacientes que frequentam o serviçode fisioterapia do Sistema Único de Saúde (SUS), da cidade de Itapira-SP, nos meses de julho a agostode 2010.Resultados: Foram entrevistados 217 pacientes, a média de idade dos entrevistados é 50 anos, maioria são do sexo feminino (63, 13%), a moda de anos de escolaridade é 11 anos e a mediana cinco.Lombalgia, cervicalgia e tendinite representaram juntos 50% dos encaminhamentos para fisioterapia.A porcentagem de fumantes é 17%, a média de idade dos pacientes fumantes é 48 anos e 51% são dosexo feminino, a maioria (89%) relatou fumar apenas cigarros comercializados, a mediana do númerode cigarros fumados por dia é 10 e a mediana de tempo que o indivíduo usou o tabaco é 30 anos. Ametade dos tabagistas foram classificados, de acordo com o FTND, como muito baixa e baixa dependência à nicotina, a média do escore do FTND é de 4,1. Sobre o uso de substâncias psicoativas na vida,o tabaco (70%), álcool (91%) e maconha (14%) foram as substâncias mais citadas. O tabaco (31%) e oálcool (31%) foram as drogas mais mencionadas para receber intervenção breve de acordo com oQuestionário ASSIST.Conclusões: As drogas legais como o álcool e o tabaco, são problemas de saúde pública. É importantetrabalhar a prevenção de drogas psicoativas, nos serviços de fisioterapia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dalila Bertanha, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Bacharela em Fisioterapia, Especialista em Fisioterapia emTerapia Intensiva. Mestranda da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Antonio Ruffino Netto, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Docente. Departamento de Medicina Social. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2012-03-30

Como Citar

1.
Bertanha D, Ruffino Netto A. Tabagismo, alcoolismo em pacientes que frequentam um serviço de fisioterapia do Sistema Único de Saúde. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de março de 2012 [citado 7 de fevereiro de 2023];45(1):87-95. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/47580

Edição

Seção

Artigo Original
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)