Aspectos clínicos e terapêuticos das cefaléias agudas

Autores

  • Getúlio D. Rabello Ambulatório de Cefaléias da Clínica Neurológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v30i4p458-471

Palavras-chave:

Cefaléia. Enxaqueca. Cefaléia Histamínica. Terapêutica.

Resumo

O autor revisa os aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos das cefaléias agudas. As cefaléias agudas representam, muitas vezes, uma emergência médica e necessitam de atuação rápida e precisa, com diagnóstico perfeitamente estabelecido. O sucesso do tratamento depende dessas condições. Embora cefaléias primárias sejam importantes diagnósticos diferenciais, cefaléias secundárias ocorrem freqüentemente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Getúlio D. Rabello, Ambulatório de Cefaléias da Clínica Neurológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Mestre em Neurologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Responsável pelo Ambulatório de Cefaléias da Clínica Neurológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

1997-12-30

Como Citar

1.
Rabello GD. Aspectos clínicos e terapêuticos das cefaléias agudas. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 1997 [citado 2 de agosto de 2021];30(4):458-71. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/6800

Edição

Seção

Simpósio: Cefaléia
Bookmark and Share