Insuficiência adrenal crônica e aguda

Autores

  • Margaret Castro
  • Lucila L. K. Elias Departamento de Clinica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo -FMRP/USP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v36i2/4p375-379

Palavras-chave:

Insuficiência Adrenal. Cortisol. ACTH

Resumo

Os glicocorticóides apresentam um importante papel na regulação metabólica, nos sistemas cardiovascular, imune, nervoso, e na resposta adaptativa ao estresse. A insuficiência adrenal pode ser causada por uma doença primária da adrenal (baixas concentrações plasmáticas de cortisol e altas de ACTH) ou secundária a doenças do eixo hipotálamoipofisário (baixas concentrações plasmáticas de cortisol e de ACTH). A falta crônica de glicocorticóide leva a sintomas insidiosos e inespecíficos (mal-estar geral, fraqueza, inapetência, perda de peso, queixas gastrintestinais). Adicionalmente, quando há também deficiência de mineralocorticóide, a hipotensão, síncope, desidratação e choque cardiocirculatório, com hiponatremia e hipercalemia podem associar-se ao quadro clínico. O tratamento consiste na reposição de cortisol (hidrocortisona VO, 12 a 15 mg/m2 de superfície corporal, acetato de cortisona VO, 25mg/dia e prednisona VO, 5 a 10 mg/dia) na insuficiência adrenal secundária e de cortisol e minelocorticóide (9a fluorohidrocortisona VO, 0,1mg/dia) na primária. Doenças infecciosas, traumas e cirurgias podem precipitar uma crise aguda, chamada crise addisoniana, situação esta de risco de vida, quando não tratada. O tratamento consiste de reposição do volume intravascular com cloreto de sódio (soro fisiológico 0,9% 2 L/hora) e glicocorticóides (100 mg EV de hidrocortisona a cada 6 h). Desde que a crise addisoniana é freqüentemente desencadeada por processo infeccioso, o diagnóstico de infecção deve ser confirmado e, se presente, o uso de antibioticoterapia deve ser preconizado.

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Margaret Castro
    Docente
  • Lucila L. K. Elias, Departamento de Clinica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo -FMRP/USP.

     

    Médica Assistente. Divisão de Endocrinologia e Metabologia. Departamento de Clinica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo -FMRP/USP.

     

Downloads

Publicado

2003-12-30

Edição

Seção

Endócrinas, Metabólicas e Nutricionais

Como Citar

1.
Castro M, Elias LLK. Insuficiência adrenal crônica e aguda. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de dezembro de 2003 [citado 21º de julho de 2024];36(2/4):375-9. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/738