Tratamento das infecções em pacientes com pancitopenia secundária a tratamento citorredutor

Autores

  • Danielle Leão C. F. Souza
  • Eduardo Magalhães Rego Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v36i2/4p446-452

Palavras-chave:

Neutropenia, diagnóstico. Antibióticos. Febre. Pancitopenia.

Resumo

Febre de etiologia desconhecida é a causa mais freqüente de internação hospitalar de pacientes neutropênicos em quimioterapia. O paciente é, em geral, oligossintomático, e a avaliação inicial deve incluir história e exame físico completos e minuciosos, além de exames laboratoriais, procurando identificar a etiologia da febre e complicações decorrentes da quimioterapia. O tratamento com antibióticos de largo espectro deve ser iniciado prontamente, e o esquema terapêutico reavaliado 72 h, depois, com base nos estudos microbiológicos. No texto, discorremos sobre o diagnóstico da neutropenia febril, suas particularidades e o manejo do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Leão C. F. Souza

Mestranda

Eduardo Magalhães Rego, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

Docente. Disciplina de Hematologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

Downloads

Publicado

2003-12-30

Como Citar

1.
Souza DLCF, Rego EM. Tratamento das infecções em pacientes com pancitopenia secundária a tratamento citorredutor. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 2003 [citado 4 de outubro de 2023];36(2/4):446-52. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/762

Edição

Seção

Hematológicas
Bookmark and Share