Características clínicas e epidemiológicas de pacientes da região de Ribeirão Preto, SP, Brasil, com AIDS e infecções oportunistas

Autores

  • José Fernando C. Figueiredo
  • Vinícius M.F. Reis
  • Alcyone A. Machado
  • Sandra Regina Oyama
  • Roberto Martinez
  • Luiz Tadeu Moraes Figueiredo
  • Benedito Antonio Lopes Fonseca
  • João Carlos Costa
  • Maria Janete Moya Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP
  • Gleusa Castro Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v33i2p141-146

Palavras-chave:

Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Epidemiologia. Infecções Oportunistas.

Resumo

Com o objetivo de conhecer e atualizar as características clínicas e epidemiológicas dos pacientes com aids e infecções oportunistas na região de Ribeirão Preto, foram revisados os prontuários médicos de 1019 pacientes com aids, do sub - grupo IVc (CDC), atendidos no HCFMRP, no período de janeiro de 1992 a agosto de 1996.Os seguintes itens foram analisados: data do primeiro atendimento, sexo, idade, cidade em que residia, via provável de aquisição do HIV, época do primeiro exame anti -HIV positivo, número de linfócitos CD4/mm3 por ocasião do primeiro atendimento, data da primeira manifestação infecciosa após o início do seguimento, tipo e número de complicação(ões) infecciosa(s), data do óbito e tipo de infecção(ões) diagnosticada(s) nos pacientes que faleceram. Os resultados, quando comparados com os obtidos no período de 1987 a 1991, apontam para modificações importantes em algumas características dos pacientes no segundo período, como aumento da via de transmissão heterossexual do HIV, aumento da participação de mulheres na casuística, uma tendência de diagnóstico mais precoce da infecção pelo HIV e aumento da sobrevida dos pacientes. Por outro lado, os pacientes continuam sendo acometidos por ampla gama de processos infecciosos durante a evolução da aids, com destaque para a candidíase, as pneumonias bacterianas, a neurotoxoplasmose, a pneumonia por P.carinii, a sinusite, a diarréia e a neurocriptococose. Menção especial deve ser feita à tuberculose que acometeu cerca de 30% dos pacientes durante o período de seguimento.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Fernando C. Figueiredo

Docente

Vinícius M.F. Reis

Monitor

Alcyone A. Machado

Docente

Sandra Regina Oyama

Monitora

Roberto Martinez

Docente

Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

Docente

Benedito Antonio Lopes Fonseca

Docente

João Carlos Costa

 

Docente Colaborador. 

 

Maria Janete Moya, Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

Médica Assistente. Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

Gleusa Castro, Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

Médica Assistente. Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

Downloads

Publicado

2000-06-30

Como Citar

1.
Figueiredo JFC, Reis VM, Machado AA, Oyama SR, Martinez R, Figueiredo LTM, Fonseca BAL, Costa JC, Moya MJ, Castro G. Características clínicas e epidemiológicas de pacientes da região de Ribeirão Preto, SP, Brasil, com AIDS e infecções oportunistas. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de junho de 2000 [citado 30 de novembro de 2021];33(2):141-6. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/7669

Edição

Seção

Artigo Original
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>