Atendimento psicológico numa unidade de transplante de medula óssea

Autores

  • Luciana Marchetti Torrano-Masetti Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP
  • Érika Arantes Oliveira Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP
  • Manoel Antônio Santos Departamento de Psicologia e Educação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v33i2p161-169

Palavras-chave:

Psicologia Aplicada. Apoio Social. Transplante de Medula Óssea.

Resumo

O Transplante de Medula Óssea (TMO) vem se constituindo como uma alternativa terapêutica eficaz, em diversos tipos de neoplasias e doenças hematológicas, quando os tratamentos convencionais não oferecem bom prognóstico. Trata-se de um procedimento complexo tanto do ponto de vista físico como psicológico, de modo que a necessidade de uma intervenção psicológica junto aos pacientes e familiares tem sido amplamente reconhecida na atualidade. Segundo a literatura da área, a importância do acompanhamento psicológico não se restringe somente à devendo abarcar também o pré e o pós-TMO,incluindo, no processo de intervenção, os familiares. Levando-se em consideração tais constatações, foi estruturado o serviço de atendimento psicológico da UTMO do HCFMRP-USP. O objetivo do presente trabalho é descrever a estruturação do serviço, bem como apresentar os principais achados de estudos de avaliação realizados para se determinar a efetividade de algumas modalidades de intervenção psicológica implementadas. Os resultados obtidos corroboram dados disponíveis na literatura, que apontam a necessidade de uma intervenção, junto aos pacientes, anterior à internação, um apoio psicológico durante as diferentes fases da internação e o acompanhamento psicológico ao familiar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Marchetti Torrano-Masetti, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

 

Psicóloga da Unidade de Transplante de Medula Óssea e da Clínica de  Psicóloga da Unidade de Transplante de Medula Óssea e da Clínica de Hematologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP, Mestranda

Érika Arantes Oliveira, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP

 

Psicóloga voluntária da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FMRP/USP, Mestranda 

 

 

Manoel Antônio Santos, Departamento de Psicologia e Educação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

 

Docente do Departamento de Psicologia e Educação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - FFCLRP/USP, coordenador do NEPP – Núcleo de Ensino e Pesquisa em Psicologia Clínica.

 

Downloads

Publicado

2000-06-30

Como Citar

1.
Torrano-Masetti LM, Oliveira Érika A, Santos MA. Atendimento psicológico numa unidade de transplante de medula óssea. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de junho de 2000 [citado 28 de setembro de 2022];33(2):161-9. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/7683

Edição

Seção

Descrição de métodos, técnicas e instrumentais
Bookmark and Share