A formação humanística do médico

Autores

  • Isaias Pessotti Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v29i4p440-448

Palavras-chave:

Ética, Humanidades, Educação Médica, Filosofia Médica

Resumo

As mudanças históricas no significado social e ético da atividade médica e na Filosofia Humanística tornam difícil propor um conteúdo ideológico para a formação humanística do medico Essa formação e produto das experiências pessoais de cada um e implica a consciência do próprio sistema de valores que delas resultam Implica também a consciência do paciente como um seguidor e criador de valores Sua reação ao tratamento clinico depende também dos significados que ele associou a doença a vida a Medicina Numa escola medica pode se contribuir apenas de modo acessório para aquela formação oferecendo informação sobre assuntos humanísticos e exemplos de fidelidade aos próprios valores e de respeito aos valores do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1996-12-30

Como Citar

1.
Pessotti I. A formação humanística do médico. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 1996 [citado 5 de julho de 2022];29(4):440-8. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/788

Edição

Seção

Simpósio: Ensino Médico de Graduação
Bookmark and Share