Ambiente educacional

Autores

  • Luiz Ernesto de Almeida Troncon Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v47i3p264-271

Palavras-chave:

Ambiente Educacional, Clima de Aprendizado, Ensino, Aprendizado, Estudantes, Educação Superior, Profissões da Saúde

Resumo

O ambiente educacional pode ser definido como um conjunto de elementos que circunda o educando, que nele deve necessariamente se inserir e que o inclui, quando vivencia os processos de ensino e aprendizado. Existem evidências variadas de que o ambiente educacional encontrado pelos educando tem impacto no seu rendimento acadêmico, bem como na sua satisfação com o processo educativo e dão boa medida da sua importância e justificam o seu estudo, no sentido de melhor conhece-lo e poder aperfeiçoa-lo. Os componentes do ambiente educacional são de natureza material, relacionados aos aspectos fisiológicos do educando e de caráter afetivo, relacionados às suas necessidades e respostas emocionais. O ambiente educacional é determinado por fatores ligados à instituição e, em especial, ao professor, que se caracteriza como o principal elemento na sua manutenção e aprimoramento. Uma variedade de instrumentos tem sido descritos para a avaliação do ambiente educacional, que deve ter o sentido de obter informações sobre este importante determinante do aprendizado e do desenvolvimento do estudante. Estas informações podem subsidiar a tomada de medidas visando o aperfeiçoamento do ambiente educacional, o que resulta em aumento da qualidade dos processos educativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Ernesto de Almeida Troncon, Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Professor Titular, Departamento de Clínica Médica, Faculdade
de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2014-11-03

Como Citar

1.
Troncon LE de A. Ambiente educacional. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 3 de novembro de 2014 [citado 18 de maio de 2022];47(3):264-71. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/86614

Edição

Seção

Capítulos
Bookmark and Share