Mapeamento do fluxo de trabalho das atividades em engenharia clínica

a experiência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Autores

  • André FMM. Gomes Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.
  • Gabriela G Faustino Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.
  • Monique Tonani Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.
  • Sídney Porcincula Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.
  • Sílvio C Somera Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.
  • Wilker Beicker Universidade de São Paulo. Hospital das Clínicas da FMRP-USP.
  • Antônio Pazin-Filho Universidade de São Paulo. Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v48i1p41-47

Palavras-chave:

Engenharia Clínica, Mapeamento, Fluxo de Trabalho.

Resumo

A incorporação de equipamentos médicos hospitalares e outros recursos tecnológicos com alto valor agregado aumentam os desafios para realizar uma gestão eficiente e de qualidade pelas Organizações de Saúde. Nesse contexto, a utilização de ferramentas de apoio a gestão se torna essencial para o aproveitamento racional dos recursos de saúde, de forma a alcançar maior estabilidade e sustentabilidade do sistema como um todo. Assim, o presente trabalho teve como finalidade elaborar um mapeamento do fluxo de trabalho das atividades desenvolvidas no setor de Engenharia Clínica, responsável pela gestão de equipamentos médico diagnósticos do HCFMRP-USP, exposto na forma de fluxograma, objetivando posteriormente, sua incorporação e propagação dentre outros setores do hospital.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André FMM. Gomes, Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.

Alunos do curso de pós-graduação Mestrado Profissionalizante - Gestão em Organizações de Saúde.

Gabriela G Faustino, Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.

Alunos do curso de pós-graduação Mestrado Profissionalizante - Gestão em Organizações de Saúde.

Monique Tonani, Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.

Alunos do curso de pós-graduação Mestrado Profissionalizante - Gestão em Organizações de Saúde.

Sídney Porcincula, Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.

Alunos do curso de pós-graduação Mestrado Profissionalizante - Gestão em Organizações de Saúde.

Sílvio C Somera, Universidade de São Paulo. Pós-Graduação Mestrado Profissionalizante Gestão em Organizações de Saúde.

Alunos do curso de pós-graduação Mestrado Profissionalizante - Gestão em Organizações de Saúde.

Wilker Beicker, Universidade de São Paulo. Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Coordenador do Serviço de Engenharia Clínica do Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Antônio Pazin-Filho, Universidade de São Paulo. Hospital das Clínicas da FMRP-USP.

Professor Associado II do Departamento de Clínica Médica da FMRP-USP e Coordenador da Unidade de Emergência do HCFMRP- USP.

Downloads

Publicado

2015-02-28

Como Citar

1.
Gomes AF, Faustino GG, Tonani M, Porcincula S, Somera SC, Beicker W, Pazin-Filho A. Mapeamento do fluxo de trabalho das atividades em engenharia clínica: a experiência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 28 de fevereiro de 2015 [citado 5 de dezembro de 2021];48(1):41-7. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/96894

Edição

Seção

Edição Temática
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)