[1]
K. Casarini e A. Basile-Filho, “A relação com o doente sem possibilidade de manejo terapêutico”, Medicina (Ribeirão Preto), vol. 38, nº 1, p. 69-73, mar. 2005.