O Início do Pensamento em Torno do Turismo de Base Comunitária: estudo de caso na comunidade de Galiléia, município de Caparaó, Minas Gerais, Brasil

Autores

  • Marina Araújo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v22i2p238-276

Palavras-chave:

participação comunitária, turismo de base comunitária, metodologias participativas

Resumo

A proposta de um trabalho com o turismo de base comunitária deve ser acompanhada de construções metodológicas que contribuam para o aumento da autonomia da população envolvida nos processos de decisão relativos ao turismo em seu território. Nesse sentido, esse artigo se propõe a apresentar os resultados da aplicação de uma metodologia construída para o trabalho de iniciação ao pensamento sobre o turismo de base comunitária na Comunidade de Galiléia, Município de Caparaó, Estado de Minas Gerais. A partir da adoção de métodos específicos das metodologias participativas no trabalho de planejamento turístico de base comunitária, foi possível aumentar o poder de decisão da comunidade em relação ao desenvolvimento do turismo em seu território.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-08-01

Como Citar

Araújo, M. (2011). O Início do Pensamento em Torno do Turismo de Base Comunitária: estudo de caso na comunidade de Galiléia, município de Caparaó, Minas Gerais, Brasil . Revista Turismo Em Análise, 22(2), 238-276. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v22i2p238-276

Edição

Seção

Artigos e Ensaios