Hospitalidade na Dimensão Religiosa na Romaria Nossa Senhora de Caravaggio em Farroupilha, RS, Brasil

  • Rosalina Luiza Cassol Schvarstzhaupt Universidade de Caxias do Sul
  • Vania Beatriz Merlotti Herédia Universidade de Caxias do Sul
Palavras-chave: Hospitalidade, Religiosidade popular, Santuário Nossa Senhora de Caravaggio, Igreja Católica, Turismo religioso

Resumo

Este artigo tem como objetivo descrever algumas ações que ocorrem na romaria ao Santuário Nossa Senhora de Caravaggio no município de Farroupilha, RS, à luz da hospitalidade religiosa oferecida pelos membros da Igreja aos peregrinos. O estudo vale-se de aparato conceitual acerca da hospitalidade e religiosidade no turismo religioso e tem como referência básica os estudos de Boff, Baptista, Lashley, Grassi, Correia e de documentos da Igreja Católica. A pesquisa é de natureza qualitativa e suas entrevistas foram realizadas com representantes da Igreja que atuam ou atuaram no santuário no período da romaria. Os questionamentos buscam apurar a percepção do conceito de hospitalidade da Igreja. Os resultados apontam para um empenho da Igreja em atender a demanda de serviços essenciais e promover e ampliar a dinâmica da hospitalidade. A romaria é um fenômeno relevante que desloca milhares de peregrinos que retornam ao local anualmente e fortalecem a devoção em relação à Santa, estimulando o turismo religioso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosalina Luiza Cassol Schvarstzhaupt, Universidade de Caxias do Sul

Doutoranda em Turismo e Hospitalidade pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), Caxias do Sul, RS, Brasil.

Vania Beatriz Merlotti Herédia, Universidade de Caxias do Sul

Possui pós-doutorado em História Econômica pela Università degli Studi di Padova, Padova, VN, Itália. Professora de pós-graduação em Turismo e Hospitaliade na UCS.

Referências

Baptista, I. (2002). Lugares de hospitalidade. In C. M. de Moraes (Org.), Hospitalidade: reflexões e perspectivas (pp. 157-164). Barueri, SP: Manole.

Baptista, I. (2008). Hospitalidade e eleição intersubjetiva: sobre o espírito que guarda os lugares. Revista Hospitalidade, 5(2), 5-14.

Bertuol, O. (1950). Milagrosa rainha de Caravaggio. Caxias do Sul, RS: Mitra Diocesana de Caxias do Sul.

Bíblia: mensagem de Deus. (1983). São Paulo, SP: Loyola.

Boff, L. (2005). Virtudes para um outro mundo possível. Hospitalidade: direito e dever de todos (vol. 1). Petrópolis, RJ: Vozes.

Boff, L. (2009). Ethos mundial: um consenso mínimo entre os humanos. Rio de Janeiro, RJ: Record.

Boff, L. (2012). Saber cuidar. Petrópolis, RJ: Vozes.

Conferência Episcopal Portuguesa. (1983). Código de Direito Canônico (4ª ed.). Braga, BR: Editorial Apostolado da Oração. Recuperado de http://bit.ly/2srKvZT

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. (1993). Catecismo da Igreja Católica. Petrópolis, RJ: Vozes.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. (2009). Aparições e revelações particulares. Brasília, DF: Edições CNBB.

Correia, J. A. S. (2014). A hospitalidade na construção da identidade cristã. Braga, BR: Universidade Católica Editora.

Foralosso, M. (2003). Religiosidade popular. In L. Borrielo, E. Caruana, M. R. Del Genio, & N. Suffi (Orgs.), Dicionário de mística (pp. 915-917). São Paulo, SP: Paulus.

Godi, P. (2011). Igreja: a Casa da Misericórdia. In A. Montandon (Org.), O livro da hospitalidade: a acolhida do estrangeiro na história e nas culturas (pp. 605-617). São Paulo, SP: Senac.

Grassi, M. C. (2011). Transpor a soleira. In A. Montandon (Org.), O livro da hospitalidade: a acolhida do estrangeiro na história e nas culturas (pp. 45-53). São Paulo, SP: Senac.

Lashley, C. (2004). Para um entendimento ético. In C. Lashley, & A. Morrison (Orgs.), Em busca da hospitalidade: perspectivas de um mundo globalizado (pp. 2-24). Barueri, SP: Manole.

Mattai, G. (1993). Religiosidade popular. In S. Fiores, & T. Goffi (Orgs.), Dicionário de espiritualidade (2ª ed., pp. 1000-1010). São Paulo, SP: Paulus.

Mauss, M. (2003). Sociologia e antropologia (P. Neves, trad.). São Paulo, SP: Cosac Naify.

Moraes, R., & Galiazzi, M. C. (2007). Análise textual discursiva. Ijuí, RS: Unijuí.

Paulo VI. (1975). Evangelii Nuntiandi. Libreria Editrice Vaticana. Recuperado de http://bit.ly/2Sw1ogU

Santos, M. C. dos, Perazzolo, O. A., & Pereira, S. (2014). A hospitalidade numa perspectiva coletiva: o corpo coletivo acolhedor. In M. C. dos Santos, & I. Baptista (Orgs.), Laços sociais: por uma epistemologia da hospitalidade (pp. 49-63). Caxias do Sul, RS: Educs.

Vaticano: Estatísticas da Igreja Católica 2016. (2016). Agência Fides. Recuperado de http://bit.ly/2MuXpNC

Zorzi, B. (1986). Nossa Senhora de Caravaggio no Brasil. Farroupilha, RS: Mitra Diocesana de Caxias do Sul.

Publicado
2020-04-28
Como Citar
Schvarstzhaupt, R., & Herédia, V. (2020). Hospitalidade na Dimensão Religiosa na Romaria Nossa Senhora de Caravaggio em Farroupilha, RS, Brasil. Revista Turismo Em Análise, 30(1), 117-130. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v30i1p117-130
Seção
Artigos e Ensaios