Selo turismo responsável e adesão dos meios de hospedagem em São Luís, Maranhão (Brasil)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v32i3p513-531

Palavras-chave:

Certificação em turismo sustentável, Hotelaria, Responsabilidade social, Gestão de empreendimentos turísticos

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar, a partir da percepção dos gestores hoteleiros, os impactos da adesão ao selo Turismo Responsável para os meios de hospedagem em São Luís. Adotou-se a abordagem mista, do tipo exploratório, com levantamento bibliográfico e documental. Entre março e abril de 2021, foram aplicados questionários, via Google Forms, a seis empreendimentos hoteleiros que aderiram ao selo na capital maranhense. Os resultados apontaram que os impactos da adesão ao selo Turismo Responsável foram positivos para a maioria dos empreendimentos, aumentando a confiança e a segurança do turista, além de promover e divulgar o destino. Apesar disso, observa-se falhas dos empreendimentos hoteleiros na execução dos protocolos sugeridos. Conclui-se que as reflexões geradas nesta pesquisa aprofundam a necessidade de investigar as influências positivas e negativas dessa certificação, incentivada pela gestão governamental, aos empreendimentos hoteleiros da cidade e consequentemente à economia local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Ferreira Moraes, Universidade Federal do Maranhão

Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). São Luís, Maranhão, Brasil.

Angela Roberta Lucas Leite, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em Políticas Públicas na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Docente no Departamento de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). São Luís, Maranhão, Brasil.

Saulo Ribeiro dos Santos, Universidade Federal do Maranhão

Doutor em Gestão Urbana pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e em Geografia (UFPR) pela Universidade Federal do Paraná. Docente no Departamento de Turismo e Hotelaria na Universidade Federal do Maranhão. São Luís, Maranhão, Brasil.

Referências

Bell, J. (2004). Como realizar um projecto de investigação (3a ed.). Lisboa: Gradiva.

Brasil. Ministério do Turismo. (2005). Regulamentação, Normalização e Certificação em Turismo de Aventura. Relatório Diagnóstico. Brasília, DF: Autor. Recuperado de http://antigo.turismo.gov.br/sites/default/turismo/o_ministerio/publicacoes/downloads_publicacoes/Relatorio_Diagnostico_Turismo_Aventura.pdf.

Brasil. Ministério do Turismo. (2020). Selo turismo responsável: Segurança para o consumidor e Incentivo para o turismo brasileiro. Recuperado de http://antigo.turismo.gov.br/seloresponsavel/.

Brasil. Ministério do Turismo. (2021). Meios de hospedagem. Recuperado de http://antigo.turismo.gov.br/seloresponsavel/segmento/meios-de-hospedagem.php.

Bregolin, M. (2018). Inteligência territorial em turismo: aplicação do sistema de capitais para análise de observatórios de turismo da Europa e da América Latina. [Tese de Doutorado], Programa de Pós-Graduação em Administração, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e Universidade de Caxias do Sul, Brasil. Recuperado de https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/handle/11338/3766/Tese%20Michel%20Bregolin.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

Coelho, M. F.; Mayer, V. F. (2020). Gestão de serviços pós-covid: o que se pode aprender com o setor de turismo e viagens? Revista Eletrônica Gestão & Sociedade, 14 (39), pp. 3698-3706, Especial COVID-19. DOI 10.21171/ges.v14i39.3306.

Costa, J. C., & Allis. T. (2021). Como se move o turismo durante a pandemia da COVID-19? Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, São Paulo, 15(1), pp. 1-23. Recuperado de http://dx.doi.org/10.7784/rbtur.v15i1.2212.

FGV. Fundação Getúlio Vargas. (2020). Impacto econômico do COVID-19: propostas para o turismo brasileiro. Rio de Janeiro: FGV. Recuperado de https://fgvprojetos.fgv.br/sites/fgvprojetos.fgv.br/files/01.COVID19_impactoeconomico_v09_compressed_1.pdf.

Figueiredo, S. L. (2020). Turismo e pandemia: impactos e estruturação das práticas e políticas no Brasil e estado do Pará. Paper do Naea, 29(1), pp. 1-20. Recuperado de https://doi.org/http://dx.doi.org/10.18542/papersnaea.v1i1.11034.

FOHB. Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil. (2020). Protocolo FORB - procedimentos e recomendações de boas práticas durante e pós-pandemia. Recuperado de http://fohb.com.br/protocolos/.

Governo de Cingapura. (2020). About SG Clean. Recuperado de https://www.sgclean.gov.sg/about/.

Guardia, M. S., Taveira, M. S., & França, R. S. (2022). Efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid -19) no setor turístico da região Nordeste do Brasil. PASOS. Revista de Turismo y Patrimonio Cultural, 20 (1), pp. 69-81, enero-marzo. Recuperado de https://doi.org/10.25145/j.pasos.2022.20.005.

Guerreiro, A. C., & Vilela, G. (2021). Os impactos do coronavírus nos pequenos negócios de turismo no Brasil: uma análise a partir dos dados do Sebrae. Revista Turismo Em Análise, 32(1), pp. 79-99. Recuperado de https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v32i1p79-99.

Infraero. (2020). Estatística 2019-2020. Recuperado de https://transparencia.infraero.gov.br/estatisticas/.

Lavor, C. S. d. (2009). Um Estudo sobre a Normalização e Certificação do Turismo no Brasil: situação atual e perspectivas. Dissertação de Mestrado Profissional em Turismo, Centro de Excelência em Turismo, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil. Recuperado de https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/11005/1/2009_CeciliaSaiddeLavor.pdf.

Maia, E. (5 de junho de 2020). Conheça os certificados criados para garantir segurança aos turistas contra o coronavírus. Recuperado de https://oglobo.globo.com/boa-viagem/conheca-os-certificados-criados-para-garantir-seguranca-aos-turistas-contra-coronavirus-24463768.

Menezes, P. (19 de junho de 2020). Espanha lança selo ‘Turismo Responsável’. Recuperado de https://www.mercadoeeventos.com.br/_destaque_/destinos-destaque/espanha-lanca-selo-turismo-responsavel/.

Neves, C. S. B., Carvalho, I. S., Souza, W. F. L., & Filippim, M. L. (2021). Os impactos da COVID-19 nas viagens de turistas brasileiros: conjuntura e perspectivas na eclosão e na expansão da pandemia no Brasil. Tur. Visão e Ação, 23 (1), jan-apr. Recuperado de https://siaiap32.univali.br/seer/index.php/rtva/article/view/17319/9857.

Novaes, V. (24 de abril de 2020). Portugal cria selo para incentivar segurança contra covid-19. Recuperado de https://www.panrotas.com.br/mercado/destinos/2020/04/portugal-cria-selo-para-incentivar-seguranca-contra-covid-19_173062.html.

Punch, K. F. (1998). Introduction to social research: quantitative and qualitative approaches. Sage.

São Luís. Secretaria Municipal de Turismo. (2021). Selo Safe Travels. São Luís, MA. Recuperado de https://saoluis.ma.gov.br/setur/conteudo/3171.

Silva, J. A. S. (2004). Turismo, crescimento e desenvolvimento: uma análise urbano-regional baseada em cluster.[Tese de Doutorado], Ciências da Comunicação, Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27148/tde-02122005-231931/publico/JorgeAntonio.pdf.

Souza, M. C. C. (2020). O Estado e o turismo no Brasil: análise das políticas públicas no contexto da pandemia da COVID-19. RBTUR, São Paulo, 15(1), 2137, jan./abr. 2021. Recuperado de https://rbtur.org.br/rbtur/article/view/2137/1404.

Suíça Turismo. (2020). Clean & Safe: Viajar com segurança na Suíça. Recuperado de https://www.myswitzerland.com/pt/planejamento/sobre-a-suica/clean-safe.

Tomé, L. M. (2020). Setor de Turismo: impactos da pandemia. Caderno setorial ETENE. 5 (124), agosto 2020. Recuperado de https://www.bnb.gov.br/documents/80223/7600112/2020_CDS_122_turismo.pdf/748e1bcd-8bf3-18d5-aaf0-f11cda0e3052.

UFMA. Universidade Federal do Maranhão. Observatório do Turismo da Cidade de São Luís (2021a). Informativo Turístico: primeiro trimestre de 2021.

UFMA. Universidade Federal do Maranhão. Observatório do Turismo da Cidade de São Luís (2021b). CADASTUR 2021.

VisitBritain. (2020). Nova marca ‘Estamos Prontos’ (‘We’re Good to Go’) cria padrão de qualidade para todos os setores da indústria de turismo no Reino Unido. Recuperado de https://trade.visitbritain.com/pt-br/padrao-de-qualidade/?utm_source=B2B_Newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=BR_2020-06+Trade+Newsletter+%2825.06%29&utm_content=dynamic.

World Tourism Organization [UNWTO]. (2020, april 28). COVID-19 related travel restrictions a global review for tourism. Second report. Recuperado de https://webunwto.s3.eu-west-1.amazonaws.com/s3fs-pu-blic/2020-04/TravelRestrictions%20-%2028%20April.pdf.

World Tourism Organization [UNWTO]. (2021, out. 4). Vaccines and reopen borders driving tourism’s recovery. Recuperado de https://www.unwto.org/news/vaccines-and-reopen-borders-driving-tourism-s-recovery.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

Moraes, A. F., Leite, A. R. L., & Santos, S. R. dos. (2021). Selo turismo responsável e adesão dos meios de hospedagem em São Luís, Maranhão (Brasil). Revista Turismo Em Análise, 32(3), 513-531. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v32i3p513-531

Edição

Seção

Artigos e Ensaios