Baixa Gastronomia: caracterização e aproximações teórico-conceituais

Autores

  • Marina Rossi Ferreira Universidade Federal do Paraná
  • Vander Valduga Universidade Federal do Paraná
  • Miguel Bahl Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v27i1p207-228

Palavras-chave:

Turismo Gastronômico, Alimentação, Baixa Gastronomia

Resumo

A gastronomia pode se configurar num elemento de vivência da cultura local a partir da sua articulação com a atividade turística ou cultural de uma localidade. Neste aspecto, observa-se o crescimento da oferta de estabelecimentos no setor da alimentação comercial, assim como o interesse crescente pela temática gastronomia, especialmente em blogs e comunidades em redes sociais. Nesses meios, nota-se um crescente uso do termo “baixa gastronomia”. Ainda que com considerável popularidade, até o momento da pesquisa empreendida verificou-se não haver um número expressivo de discussões teóricas visando compreender suas características de consumo. Assim exposto, para elaboração do presente artigo, o ponto de partida surgiu da seguinte problemática: O que seria a baixa gastronomia e quais as suas características? Tendo como objetivo geral definir o termo baixa gastronomia a partir da discussão de suas características e identificação de aproximações teórico-conceituais. Para tanto, efetuou-se uma pesquisa exploratória de cunho bibliográfico. Ainda que consista em uma investigação inicial, os principais resultados apontaram a baixa gastronomia como um tipo de gastronomia que abrange comidas de caráter caseiro e popular, em porções bem servidas a um preço justo, em estabelecimentos simples, onde o atendimento, ainda que profissional, ocorre de forma mais fluída e informal. Sua dinâmica de consumo vincula-se fortemente à perspectiva da hospitalidade, sendo este possivelmente, um dos principais meios de aproximação com a atividade turística. Acredita-se assim que o tema possa representar uma possibilidade de refletir sobre novos modelos para a relação turismo-gastronomia em termos de pesquisa e até mesmo de planejamento da atividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Rossi Ferreira, Universidade Federal do Paraná

Bacharel e Mestranda em Turismo pela Universidade Federal do Paraná

Vander Valduga, Universidade Federal do Paraná

Bacharel e Mestre em Turismo pela Universidade de Caxias do Sul. Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor e pesquisador do Departamento de Turismo e do Mestrado em Turismo da Universidade Federal do Paraná

Miguel Bahl, Universidade Federal do Paraná

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Professor e pesquisador do Departamento de Turismo, do Mestrado em Turismo e do Mestrado em Geografia da Universidade Federal do Paraná

Downloads

Publicado

2016-04-30

Como Citar

Ferreira, M. R., Valduga, V., & Bahl, M. (2016). Baixa Gastronomia: caracterização e aproximações teórico-conceituais. Revista Turismo Em Análise, 27(1), 207-228. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v27i1p207-228

Edição

Seção

Artigos e Ensaios