Efeitos da cinesioterapia na força de preensão palmar, na dor e na qualidade de vida de mulheres com artrite reumatoide

Autores

  • Caroline de Macedo Schnornberger Fundação Universidade de Passo Fundo
  • Matheus Santos Gomes Jorge Fundação Universidade de Passo Fundo
  • Lia Mara Wibelinger Fundação Universidade de Passo Fundo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v28i3p325-332

Palavras-chave:

Artrite reumatoide, Força da mão, Dor, Qualidade de vida.

Resumo

A artrite reumatoide é uma doença autoimune, crônica e inflamatória que atinge simetricamente os tecidos, órgãos e as articulações periféricas causando dor, edema, rigidez e diminuição da força de preensão palmar e da qualidade de vida. Este estudo objetivou verificar os efeitos de um programa de intervenção fisioterapêutica na força de preensão palmar, na dor e na qualidade de vida de mulheres com artrite reumatoide. Este é um estudo longitudinal e intervencionista, com 05 indivíduos do sexo feminino (±54,0 anos), que foram avaliadas quanto à força de preensão palmar pela dinamometria manual, à intensidade da dor pela escala visual analógica e à qualidade de vida pelo questionário SF-36. Os indivíduos foram submetidos a um programa de intervenção cinesioterapêutica, que foi realizado em grupo, 2 vezes por semanas e 50 minutos por sessão, totalizando 10 sessões. Quando analisada a dor pela escala visual analógica não houve resultados estatisticamente significativos, no entanto a força de preensão palmar e da qualidade de vida (domínios dor e vitalidade) apresentaram resultados estatisticamente significativos (p≤0,05) na pós-intervenção. O programa de intervenção proposto foi eficaz na melhora da força de preensão palmar e dos domínios dor e vitalidade da qualidade de vida na amostra estudada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline de Macedo Schnornberger, Fundação Universidade de Passo Fundo

Fisioterapeuta, pós-graduanda do Curso de Especialização em Fisioterapia Traumato-ortopédica, Faculdade de Educação Física e Fisioterapia, Universidade de Passo Fundo (UPF).

Matheus Santos Gomes Jorge, Fundação Universidade de Passo Fundo

Bolsista Probic/FAPERGS.

Fisioterapeuta, pós-graduando do Curso de Especialização em Fisioterapia Traumato-ortopédica e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano, Faculdade de Educação Física e Fisioterapia, Universidade de Passo Fundo (UPF). Bolsista Prosuc/CAPES.

Lia Mara Wibelinger, Fundação Universidade de Passo Fundo

Faculdade de Educação Física e Fisioterapia, Universidade de Passo Fundo (UPF), Passo Fundo, RS, BR. Doutora em Gerontologia Biomédica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul. Docente do Curso de Fisioterapia e do Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano, UPF.

Downloads

Publicado

2018-02-26

Como Citar

Schnornberger, C. de M., Jorge, M. S. G., & Wibelinger, L. M. (2018). Efeitos da cinesioterapia na força de preensão palmar, na dor e na qualidade de vida de mulheres com artrite reumatoide. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 28(3), 325-332. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v28i3p325-332

Edição

Seção

Artigo Original