Síndrome de Burnout

mapeamento em graduandos de terapia ocupacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v29i2p104-110

Palavras-chave:

Estresse Ocupacional, Estudantes, Educação Superior, Saúde Pública, Terapia Ocupacional.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo investigar as dimensões da síndrome de burnout em acadêmicos do Curso de Terapia Ocupacional de uma universidade federal do nordeste brasileiro. Tratou-se de um estudo exploratório, com elementos descritivos transversais e correlacionais quantitativos, realizado com 147 estudantes do primeiro ao oitavo período do curso. Para a coleta dos dados, aplicaram-se o instrumento Maslach Burnout Inventory – Student Survey (MBI-SS) e um questionário sociodemográfico elaborado pelos autores, e para o tratamento estatístico dos dados, os programas Excel 2007 e o SPSS. Procedeu-se a uma análise fatorial exploratória, para obter os escores das dimensões da síndrome para posterior comparação entre os períodos. Os resultados obtidos indicaram os maiores escores nas dimensões ‘eficácia profissional’ e ‘descrença’ no 4º período do curso. A ‘eficácia profissional’ apresentou um alto valor mediano dos escores nos anos finais do curso, o que indica que esses alunos tendem a se sentir competentes como acadêmicos. Embora os resultados não apontem a presença da síndrome de burnout, discute-se a transformação do Projeto Pedagógico do Curso, visando melhorar a qualidade de vida dos acadêmicos e divulgar a profissão/curso entre os profissionais da saúde e na comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Ramon Santos de Souza, Universidade Federal da Paraíba, Departamento de Terapia Ocupacional, Laboratório de Pesquisa em Saúde, Trabalho e Ergonomia (LASTE).

Pesquisador voluntário do Laboratório de Pesquisa em Saúde, Trabalho e Ergonomia (LASTE), Departamento de Terapia Ocupacional (UFPB).

Erivaldo Lopes de Souza, Universidade Federal da Paraíba, Laboratório de Métodos Quantitativos Aplicados à Engenharia de Produção

Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal da Paraíba. Técnico do Laboratório de Métodos Quantitativos Aplicados à Engenharia de Produção da Universidade Federal da Paraíba.

Barbara Iansã de Lima Barroso, Universidade Federal da Paraíba, Departamento de Terapia Ocupacional

Professora Adjunta do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal da Paraíba. Coordenadora do Laboratório de Saúde, Trabalho e Ergonomia (LASTE).

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

Souza, L. R. S. de, Souza, E. L. de, & Barroso, B. I. de L. (2018). Síndrome de Burnout: mapeamento em graduandos de terapia ocupacional. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 29(2), 104-110. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v29i2p104-110

Edição

Seção

Artigo Original