Habitando os campos da arte e da terapia ocupacional: percursos teóricos e reflexões(

Autores

  • Eliane Dias de Castro USP; Faculdade de Medicina; Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional
  • Dilma de Melo Silva USP; Escola de Comunicações e Artes; Departamento de Comunicações e Artes

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v13i1p1-8

Palavras-chave:

Terapia pela arte^i1^sméto, Acesso aos serviços de saúde^i1^stendênc, Terapia ocupacional^i1^sméto, Saúde mental, Valores sociais

Resumo

O acompanhamento de pessoas desenvolvendo atividades artísticas nas práticas ocorridas no âmbito da Terapia Ocupacional, provocou uma curiosidade sobre as relações que ocorrem entre este 'fazer' e a promoção da saúde. Ao transitarmos no universo das Artes pelo viés da Terapia Ocupacional vivenciamos práticas interdisciplinares e pesquisamos autores que em suas proposições teóricas indicam ressonâncias entre estes campos. Neste artigo relatamos como ocorreu este processo, apresentamos algumas bases teóricas que sustentam nossa prática e reflexão e as etapas aproximativas que pudemos identificar a partir dos estudos realizados. Este material é parte de um capítulo teórico de minha tese de doutorado, que vem ampliar os estudos das atividades e recursos terapêuticos e fornece uma nova consistência teórica ao ensino das atividades artísticas na Terapia Ocupacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2002-04-01

Como Citar

Castro, E. D. de, & Silva, D. de M. (2002). Habitando os campos da arte e da terapia ocupacional: percursos teóricos e reflexões( . Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 13(1), 1-8. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v13i1p1-8

Edição

Seção

Artigo Original