Terapia Ocupacional e o cuidado integral a saúde de crianças e adolescentes: a construção do Projeto ACCALANTO

Autores

  • Sandra Maria Galheigo USP; Faculdade de Medicina; Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional
  • Andréa do Amparo Carotta de Angeli USP; Faculdade de Medicina; Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v19i3p137-143

Palavras-chave:

Assistência integral à saúde, Terapia ocupacional, Serviço hospitalar de terapia ocupacional, Cuidado da criança, Processo saúde-doença, Atividades cotidianas

Resumo

Este artigo se propõe a apresentar o Projeto ACCALANTO, que desenvolve atividades de ensino, pesquisa, extensão no âmbito da terapia ocupacional e da saúde da criança e do adolescente, sob a perspectiva da integralidade e humanização do cuidado e da proteção integral da infância e da juventude. Esse projeto se propõe a contribuir para a construção de práticas e saberes de Terapia Ocupacional apoiados nos princípios de uma clínica ampliada que reconhece e acolhe as necessidades singulares da criança, do adolescente e suas famílias/cuidadores, ocasionadas pelo processo de adoecimento e hospitalização e pelas condições de vulnerabilidade social a que estão submetidos. O artigo apresenta as justificativas e norteadores teórico-metodológicos do Projeto ACCALANTO assim como seus principais eixos e estratégias de cuidado numa enfermaria pediátrica, a saber: (i) o Ninar - escuta e acolhimento às necessidades das crianças de 0 a 2 anos e de seus pais, buscando desenvolver ações de promoção ao cuidado numa dimensão ampliada; (ii) o Aquarela - cuidado de crianças e adolescentes cujas condições de saúde são marcadas pela intensidade, cronicidade ou gravidade dos acometimentos que sofrem, demandando intervenções particularizadas com grau elevado de planejamento e controle; (iii) o Amarelinha - propiciar uma convivência e cotidianidade diferenciada no espaço hospitalar através de atividades que podem ser oferecidas ao conjunto de usuários na brinquedoteca e nas áreas de convivência da enfermaria. (iv) o AdoleSer - ações voltadas à população adolescente em geral e a jovens mães, ofertando um espaço de re-invenção de si e de projetos de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-01

Como Citar

Galheigo, S. M., & Angeli, A. do A. C. de. (2008). Terapia Ocupacional e o cuidado integral a saúde de crianças e adolescentes: a construção do Projeto ACCALANTO . Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 19(3), 137-143. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v19i3p137-143

Edição

Seção

Artigo Original