Contemporary narratives: meaning, diversity and context

Autores

  • Sandra Maria Galheigo Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina; Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v20i1p8-12

Palavras-chave:

Narração, Terapia ocupacional^i1^stendênc

Resumo

Este ensaio se propõe a discutir o lugar da narrativa no âmbito da Terapia Ocupacional contemporânea e o que faz dela um tema-síntese de saberes e práticas que revelam uma determinada concepção de mundo, de ser e de terapia. Confrontando as perspectivas técnico-científicas com as perspectivas críticas contemporâneas, o texto apresenta cinco marcadores que indicam as polaridades e tensões dessas duas perspectivas. São elas: fato e valor; validação e incerteza; unicidade e multiplicidade da terapia ocupacional; universalismo e relativismo; neutralidade e poder; e, atividade enquanto recurso e atividade enquanto práxis social e manifestação cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-04-01

Como Citar

Galheigo, S. M. (2009). Contemporary narratives: meaning, diversity and context . Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 20(1), 8-12. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v20i1p8-12

Edição

Seção

Artigo Original