Visões sobre o envelhecer: o distanciamento e a proximidade da velhice com a grande cidade

Autores

  • Leonardo Jose Costa de Lima Universidade de Sorocaba
  • Nadia Dumara Ruiz Silveira PUC; Programa de Estudos Pós-graduados em Gerontologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v20i3p171-179

Palavras-chave:

Idoso, Arte, Processos grupais, Terapia ocupacional

Resumo

Os processos de globalização e urbanização contemporâneos e a necessidade de caracterização do perfil e necessidades do crescente número de idosos em todo o mundo têm impulsionado recentes investigações cientificas interdisciplinares. Este trabalho busca oferecer contribuições no entendimento destas questões, com enfoque no idoso morador da cidade de São Paulo. Apresenta parte dos resultados de pesquisa qualitativa documental realizada com base na análise do conteúdo de obras de pintura e dos registros de verbalizações de idosos participantes de grupo do Programa Permanente Composições Artísticas e Terapia Ocupacional/ PACTO, no ano de 2001. Embasado num campo conceitual de referência interdisciplinar, considerando-se teórica e praticamente, as interfaces da Terapia Ocupacional, Arte e Gerontologia oferece uma reflexão sobre a realidade apontada por estes idosos: o dimensionamento do próprio envelhecimento biológico se apresenta aliado a uma consciência da realidade em que vivem, à necessidade de manutenção das relações de afeto, solidariedade e de cuidados entre as pessoas que envelhecem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-01

Como Citar

Lima, L. J. C. de, & Silveira, N. D. R. (2009). Visões sobre o envelhecer: o distanciamento e a proximidade da velhice com a grande cidade . Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 20(3), 171-179. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v20i3p171-179

Edição

Seção

Artigo Original