A transformação na utilização e conceituação de atividades na obra de Jô Benetton

Autores

  • Tais Quevedo Marcolino Professora Adjunta do Departamento de Terapia ocupacional da Universidade Federal de São Carlos
  • Eliane Nascimento Fantinatti

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v25i2p142-150

Palavras-chave:

Terapia ocupacional/métodos, Terapia ocupacional/recursos humanos, Atividades humanas, Literatura de revisão como assunto

Resumo

O processo de teoria da técnica conduzido por Jô Benetton, ao longo dos últimos 40 anos, culminou no que hoje se conhece como Método Terapia Ocupacional Dinâmica (MTOD),
que sustenta-se na investigação da prática clínica e produziu um arcabouço teórico-metodológico para compreensão dos fenômenos da prática e sustentação da assistência em terapia ocupacional. Nesta proposta, as atividades, como integrantes da relação triádica,
colocam-se como um dos elementos centralizadores do processo terapêutico e tiveram diferentes compreensões ao longo deste período. Com o objetivo de elucidar a transformação da utilização e da conceituação de atividades na obra da autora, realizou-se revisão em suas publicações entre 1971 e 2012. Os resultados apontam três momentos distintos: a primeira fase sustentada pela teoria psicanalítica; a segunda fase, na qual atividades são consideradas instrumento da terapia ocupacional e terceiro termo da relação triádica; e a terceira fase, na qual há maior ligação com a criação de espaços de saúde para construções no cotidiano dos sujeitos. Este trabalho procura contribuir tanto para a compreensão do processo
de construção do MTOD, especialmente do desenvolvimento das ideias que envolvem a utilização de atividades, como apoio para a continuidade dos estudos sobre estas questões, e para a formação teórico-metodológica de terapeutas ocupacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tais Quevedo Marcolino, Professora Adjunta do Departamento de Terapia ocupacional da Universidade Federal de São Carlos

Professora Adjunta do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de São Carlos, pesquisadora da área de Saúde Mental

Downloads

Publicado

2014-10-14

Como Citar

Marcolino, T. Q., & Fantinatti, E. N. (2014). A transformação na utilização e conceituação de atividades na obra de Jô Benetton. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 25(2), 142-150. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v25i2p142-150

Edição

Seção

Artigo Original