Avaliação da escrita através da fotogrametria – estudo da preensão trípode dinâmica

Autores

  • Pedro Henrique Tavares Queiroz de Almeida
  • Camila Beatriz Sousa Sorensen
  • Luis Alberto Magna
  • Daniel Marinho Cezar Cruz
  • Iracema Serrat Vergotti Ferrigno

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v24i1p38-47

Palavras-chave:

Escrita manual, Terapia Ocupacional, Avaliação, Fotogrametria

Resumo

INTRODUÇÃO: Dentre as preensões utilizadas para a escrita a trípode dinâmica apresenta a maior prevalência entre a população. Apesar de considerada padrão para a escrita manual, são escassos estudos que envolvam a análise da amplitude articular das mãos durante esta atividade. OBJETIVO: Obter as variações das amplitudes de movimento das articulações distais do membro superior durante a atividade de escrita manual em adultos. METODOLOGIA: 50 adultos jovens, destros e sem comprometimento no membro superior tiveram suas mãos fotografadas durante a escrita e posteriormente analisadas através do Software de Avaliação Postural (SAPO). RESULTADOS: Foi observado um padrão comum de pronação

de antebraço, abdução entre I e II metacarpianos e fl exão de metacarpofalangeana e interfalangeana proximal do II dedo, similar às descrições encontradas na literatura. CONCLUSÃO: Foi possível estabelecer um padrão postural por meio da análise fotogramétrica, demonstrando a aplicabilidade deste método para a análise da motora do membro superior durante a atividade de escrita manual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-09-26

Como Citar

Almeida, P. H. T. Q. de, Sorensen, C. B. S., Magna, L. A., Cruz, D. M. C., & Ferrigno, I. S. V. (2013). Avaliação da escrita através da fotogrametria – estudo da preensão trípode dinâmica. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 24(1), 38-47. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v24i1p38-47

Edição

Seção

Relatos sobre projetos e experiências