Avaliação do ProDC como recurso na reabilitação cognitiva: estudo piloto

Autores

  • Kátia Vanessa Pinto de Meneses
  • Lídia Isabel Barros dos Santos
  • Marcos Ferreira Calixto
  • João Paulo Lima da Silva
  • Guilherme Caetano Peron
  • Patrícia Azevedo Garcia
  • Lourdes Mattos Brasil
  • Rita de Cássia Silva

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v24i1p73-80

Palavras-chave:

Cognição, Jogos experimentais, Comprometi- mento cognitivo leve, Computador, Idoso

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi verificar a infl uência do uso do sistema Promoção do Desempenho Cognitivo
(ProDC) no desempenho cognitivo de idosos com Déficit Cognitivo Leve (DCL) ou em um estado de demência leve por
meio de um estudo piloto quase-experimental. Participaram idosos com 60 anos ou mais, de ambos os sexos, classifi cados com DCL ou demência leve, por meio do Clinical Demential Rating (CDR). Os idosos participaram de atividades para treinamento cognitivo utilizando o ProDC, realizado em três encontros semanais de uma hora de duração, totalizando 10 encontros. Para mensurar o efeito da intervenção foram utilizados os instrumentos: Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), Teste do Relógio, Teste de reconhecimento de 10 Figuras e Teste Fluência Semântica (FAS). Foram realizadas análises descritivas e teste t-student para amostras
pareadas. Participaram do estudo oito idosos, com idade média de 70,75 ± 8,45 anos (62-81anos) e escolaridade média de 10,12 ± 4,09 anos de estudo. A análise estatística revelou manutenção do desempenho cognitivo após a intervenção no Teste do Relógio (7,62 ± 2,20 vs 7,25 ±2,49; p=0,476), no Teste de Reconhecimento de 10 fi guras (9,62 ±0,52 vs 9,75 ±0,71; p=0,732), no FAS (17,75 ±5,50 vs 17,62 ±4,72; p=0,938) e no MEEM (26,50 ±5,24 vs
26,67 ±2,58; p=0,921). Não ocorreram melhoras estatisticamente signifi cativas no desempenho dos idosos. Todavia, os resultados indicaram importantes aspectos a serem discutidos na escolha de jogos para implementação no cenário clínico e no desenvolvimento de futuros estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-09-26

Como Citar

Meneses, K. V. P. de, Santos, L. I. B. dos, Calixto, M. F., Silva, J. P. L. da, Peron, G. C., Garcia, P. A., Brasil, L. M., & Silva, R. de C. (2013). Avaliação do ProDC como recurso na reabilitação cognitiva: estudo piloto. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 24(1), 73-80. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v24i1p73-80

Edição

Seção

Artigo Original