Habilidades funcionais na criança com cegueira congênita: um estudo de caso

Autores

  • Paula Vieira Alves Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
  • Grazielle Aurelina Fraga de Sousa Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
  • Heloisa Gagheggi Ravanini Gardon Gagliardo Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v25i3p249-254

Palavras-chave:

Terapia Ocupacional, Desenvolvimento Infantil, Cegueira

Resumo

Considerando os atrasos que a aus ência da visão acarreta, o trabalho de intervenção precoce torna-se um mediador essencial para que a criança com cegueira possa se desenvolver da melhor forma possível. Esta pesquisa objetivou avaliar e comparar o desempenho e a necessidade de assistência nas habilidades funcionais de uma criança cega antes e após um período de intervenção terapêutica ocupacional. Participou do estudo uma criança de um ano e seis meses, do sexo feminino, com cegueira congênita, atendida em um programa de habilitação e reabilitação em defi ciência visual. Utilizou-se o Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade antes e após um período de três meses de atendimento para avaliar o desempenho das habilidades funcionais. A análise descritiva dos dados foi realizada de forma quantitativa, comparando os escores obtidos nos dois momentos de avaliação, e qualitativa pela observação dos vídeos. Houve melhora em todas as áreas das habilidades após o período das sessões, sendo possível concluir a efi cácia do atendimento terapêutico ocupacional em intervenção precoce com crianças com cegueira congênita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-19

Como Citar

Alves, P. V., de Sousa, G. A. F., & Gagliardo, H. G. R. G. (2014). Habilidades funcionais na criança com cegueira congênita: um estudo de caso. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 25(3), 249-254. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v25i3p249-254

Edição

Seção

Relatos sobre projetos e experiências