[1]
Monteiro, R.J.S., Gontijo, D.T., Facundes, V.L.D. e Vasconcelos, A.C.S. e 2015. “Pensando como um menino é mais fácil”: construções sobre as relações de gênero no discurso de meninas adolescentes. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo. 26, 2 (set. 2015), 207-215. DOI:https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v26i2p207-215.