[1]
A. C. Nunes e M. L. G. Emmel, “O uso do tempo nas atividades cotidianas de crianças de classe popular de 9 a 12 anos”, Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo (Online), vol. 26, nº 2, p. 176-185, set. 2015.