Bakhtin e o Pós-colonialismo: a questão do hibridismo

Autores

  • Valteir Vaz Universidades de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-4765.rus.2017.129022

Palavras-chave:

Hibridismo, Mikhail Bakhtin, Homi Bhabha, Estudos pós-coloniais

Resumo

Este artigo, em um primeiro momento, apresenta o conceito de “hibridismo” conforme desenvolvido por Mikhail Bakhtin, na sua teoria do romance. Na sequência, procura aferir o real débito do Pós-Colonialismo para com a teoria do hibridismo romanesco bakhtiniano, sobretudo nos trabalhos de Homi Bhabha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-06-22

Como Citar

Vaz, V. (2017). Bakhtin e o Pós-colonialismo: a questão do hibridismo. RUS (São Paulo), 8(9), 88-119. https://doi.org/10.11606/issn.2317-4765.rus.2017.129022

Edição

Seção

Artigos