[1]
P. Steiner, “Poiesis como tomada de decisão: Chklóvski, Tyniánov, Bakhtin”, RUS (São Paulo), vol. 11, nº 16, p. 98-124, set. 2020.