Dança e engajamento político no trabalho do grupo Pró-Posição

um olhar panorâmico sobre a dança paulista dos anos 1970 Dance

  • Andréia Nhur Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Dança, Política, Grupo Pró-Posição Ballet-Teatro, Anos 1970

Resumo

Parte resultante da pesquisa realizada em 2012, na tese de doutorado intitulada Cartografias midiáticas: o corpomídia na construção da memória da dança, este artigo apresenta possíveis entrelaçamentos históricos entre a dança paulista emergente na década de 1970 e os acontecimentos culturais e políticos que marcaram a época. A partir de relatos e documentos sobre a produção do grupo Pró-Posição Ballet-Teatro e seus fundadores – Janice Vieira e Denilto Gomes –, este estudo aventa traçados historiográficos em torno de fatos e movimentos que direcionaram divisões políticas e produções artísticas de vanguarda em face à ditadura militar pós-AI-5.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréia Nhur, Universidade de São Paulo

Professora do Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP. Bailarina do grupo Pró-Posição e atriz do grupo Katharsis Teatro

Publicado
2019-08-30
Como Citar
Nhur, A. (2019). Dança e engajamento político no trabalho do grupo Pró-Posição. Sala Preta, 19(1), 163-177. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v19i1p163-177
Seção
EM PAUTA