A performatização da política institucional

Teatro do Oprimido e resistência estética hoje

  • Gabriela Serpa Chiari Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Beatriz Braga Mendonça Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Teatro do Oprimido, Teatro Legislativo, Augusto Boal, Performatividade, AzDiferentonas!

Resumo

O artigo toma como ponto de partida os estudos em processo de desenvolvimento em investigações acadêmicas do Programa de Pós-Graduação em Artes/Artes da Cena da Universidade Federal de Minas Gerais sobre a corporeidade no Teatro do Oprimido. Apresenta também, por meio da metodologia de relato de experiência, uma prática de resistência estética de realização do Teatro do Oprimido, mais especificamente a técnica do Teatro Legislativo, no âmbito da Gabinetona, por meio do grupo AzDiferentonas!, na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Serpa Chiari, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (PPG-ARTES/UFMG). Linha de pesquisa: Artes da Cena. Fomento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Atriz, multiplicadora do Teatro do Oprimido e mestre em Teatro pela Unirio. Integrante do coletivo teatral AzDiferentonas!, na Gabinetona, em Belo Horizonte. Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)

Maria Beatriz Braga Mendonça, Universidade Federal de Minas Gerais

Nome artístico de Maria Beatriz Braga Mendonça. Professora associada do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (PPG-Artes/UFMG). Realizou pós-doutorado na New York University em Performance Studies. Atriz e diretora

Publicado
2019-08-30
Como Citar
Chiari, G., & Mendonça, M. B. (2019). A performatização da política institucional. Sala Preta, 19(1), 206-216. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v19i1p206-216
Seção
EM PAUTA