Diálogos com Fernando Peixoto ou inquietações em torno do binômio entre arte e política

  • Rosangela Patriota Ramos Universidade Presbiteriana Mackenzie
Palavras-chave: História e teatro, Arte e política, Fernando Peixoto, Teatro brasileiro, Década de 1970

Resumo

Este artigo visa apresentar momentos importantes da trajetória artística do diretor, ator e escritor Fernando Peixoto (1937-2012). Com esse intuito, serão abordadas suas atividades na cidade de Porto Alegre, onde iniciou sua vida teatral, e na sequência a consolidação de sua trajetória política e profissional, na cidade de São Paulo, no Teatro Oficina, no Theatro São Pedro e na Othon Bastos Produções Artísticas, além de espetáculos não vinculados a companhias específicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Patriota Ramos, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Professora Assistente Doutora I do Programa de Pós-Graduação em Educação, Artes e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie Professora Titular aposentada do Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Bolsista Produtividade do CNPq – 1C Autora, dentre outros trabalhos, de Antonio Fagundes no palco da história: um ator (2018); Teatro Brasileiro: ideias de uma história (em coautoria com Jacó Guinsburg. 2012); A crítica de um teatro crítico (2007) e Vianinha: um dramaturgo no coração de seu tempo (1999)

Publicado
2019-08-30
Como Citar
Ramos, R. (2019). Diálogos com Fernando Peixoto ou inquietações em torno do binômio entre arte e política. Sala Preta, 19(1), 345-370. https://doi.org/10.11606/issn.2238-3867.v19i1p345-370
Seção
HOMENAGEM